16 de agosto de 2010

Ela


Estava disposta a curar-se de tudo aquilo que desconhecia.Abriu o coração para sí mesma e chorou muito , enquanto se percebia naqueles que mais amava e que lhe ensinaram tudo,através da dor.No amor,ou se deixava amar,apáticamente,ou amava sozinha,patéticamente.Queria retomar a plenitude fugidia ,abrandar seu coração, controlar suas emoções . Queria ter seu corpo de volta.Com seu trabalho queria produzir,ter prazer ,renovar-se,ter o retorno merecido. Queria se encontrar para se perdoar.E se amar.O universo conspirou .Está feliz e em paz com suas inquietações, suas lembranças , seu jeito de ser , seus afetos,seu trabalho, seu corpo.
O próximo desafio é o de aceitar sem culpa e sem medo o amor daquele que a procura desde sempre, através dos tempos .Amor para o qual ela se prepara e que somente agora tem condições de receber e de reconhecer.

Meus amigos queridos .Não consigo ainda visitá-los,infelizmente.É por boas razões , garanto.

Beijos mil.

18 comentários:

Chica disse...

O que importa é estares bem!Deixo um beijo e desejo tuuuuuuuuudo de bom!chica

Jacinta Dantas disse...

OiCris,
fiquei um tempão longe da net, com saudade dos blogs amigos. Agora estou de volta, devagar, tomando o rumo e no rumo, chego aqui nesse texto gostoso de ler que me parece falar de alguém que muito já viveu e, com o passar dos anos, quer se reconhecer pessoa na pessoa que agora é - na maturidade.
Sei lá, um pouco por aí.
Grande abraço

Bete disse...

Volte logo.
Saudades e bjs

Edu disse...

Adoooooro "por boas razões"!! Aproveita, lindona!!

tony disse...

e que tal perder-se em prol de um perdão?
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI155806-15230,00-DESCONHECETE+A+TI+MESMO.html

que os dias sejam ótimos, beijo :)

Marcelo F. Carvalho disse...

Cris, você sempre nos visita quando publica essas sensações maravilhosas que só você sabe maravilhar!

Ery Roberto Correa disse...

Minha querida,nem preciso me esforçar para imaginar essas suas "boas razões" porque elas fazem parte da minha torcida por você. Vê-la, senti-la bem é como me associar à sua felicidade. Dê notícias sempre. Beijos.

LuCordeiro: disse...

Menina!!! Se vc está quietinha por boas razões,fico feliz.Que bom que finalmente foi corajosa e aceitou o amor para o qual se preparava há tempos!!! É isso aí! Viver sem medo de ser feliz!
mil bjsss

Márcia disse...

Ai, ai, ai que saudades dessa moça querida que escreve para encher meu coração de esperança...um dia eu volto, quem sabe??
Beijos carinhosos de lindos e felizes dias minha flor

*Márcia que deixou "clarinha" na estrada da vida mas segue reto [ainda] em busca do lugar perfeito

LuCordeiro: disse...

Cris,menina,que bom que apareceu! Eu estava com saudade dessa sopa.É bom ler suas letrinhas.Qto ao meu outro site,fechei por enquanto pq o assunto estava chatérrimo.
Continue feliz nesse amor que vc,felizmente,assumiu.To contigo e não abro!!!
bjss,querida.

Marina Pimentel disse...

Cris!!!!!! Seu blog tá lindo! Tão chique perto do meu!! Claro que vc está mais para Maria Louca........Zilda é coisa do passado!!!
Beijos e saudadesss

Aninha Pontes disse...

Que lindo que está tudo por aqui.
Acho que isso se deve à esse bom momento que está vivendo.
Tudo aqui tem cara de alegria e felicidade.
Que bom.
Fico feliz por você.
Seja muito feliz meu bem.
Um beijo e meu carinho.

Georgia disse...

Cris que lindo que está tudo aqui; menina, saiu das crises e virou sopa de letrinhas, quanta fantasia, rs.

Pensei que estivesse em blog errado e fui constatr os posts anteriores, rs.
Veja só o que essa Sopa reproduziu, rs.

Gostei da tua crônica e que seja sempre por bons motivos.

Um beijao

Edu disse...

Vim deixar um beijo! Um abraço! E desejar um ótimo final de semana!:-)

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
CRIS

ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER Y CHOCOLATE.

José
Ramón...

ADiniz disse...

Ter a tranqüilidade em saber reconhecer o amor dado é já o grande passo, pq cada um viveu uma historia e o amor é abstrato e ao mesmo tempo orgânico, pois ele necessita ser adubado com atento olhar.

Bjinhos cheios de SolM a vc

Luma Rosa disse...

Sentimentos que provam o quanto é sensível, o quanto é humana e que procura um equilíbrio! Saudades de ti! Boa semana! Beijus,

DO disse...

CRIS

Passando pra te convidar para uma pequena comemoração hj por la.

Beijos!