7 de setembro de 2008

Meu amigo


Ele é da mesma geração que John Lennon, Chico Buarque, Jabor,Milton Nascimento, Toquinho, Caetano, Al Pacino , Betinho, Leminski, Zé Wilker , Peter Fonda , Bob Dylan , só para citar algumas feras. Uma safra especial de homens pela qual nós,mulheres da geração seguinte, vivíamos “babando” , sendo que algumas com mais sorte ou ousadia puderam com provar a tese da geração mais deliciosa do século passado . Geração de sedutores reais.Fumam e bebem muito.Amantes do bom futebol.Homens sérios,quase rudes,embora românticos inveterados (mal)disfarçados pelo resquício de machismo herdado. Boa safra de apaixonados idealistas,combatentes, boêmios incorrigíveis. Geração que saía “na porrada” fácil quando a argumentação falhava .Geração da contracultura.De um patriotismo bonito de se ouvir.Geração de poucas e valiosas palavras . Geração que me chama de menina, que me faz sentir deliciosamente aprendiz da experiência de vida ampla e corajosamente conquistada. Essa geração está hoje entre 60 e 68 anos de idade . É muito bom aprender com quem tem o que ensinar.

Ele é meu maior e melhor amigo na vida . Escritor, político, advogado ,poeta , orador de primeira linha. De bisavô português e bisavó pernambucana, herdou o atrevimento dos navegadores e a fibra dos nordestinos.Nunca me estimulou a continuar na blogosfera.Participou algumas vezes do meu antigo blog e arrasava nas suas aparições como “ Castanheira do nordeste “ . Certa vez me disse que a blogosfera é um lugar enfermo e de vaidades não disciplinadas , que só entenderia minha permanência nela se esta me trouxesse prazer, riso, descontração. ( Nem sempre é assim, meu amigo ). Irreverente conhecedor da alma feminina da qual, modestamente , diz ,ainda procura entender, me falava outro dia das peculiaridades das mulheres da sua geração. Rimos muito juntos.Gentil , detesta quando o chamam de intelectual , dizendo que não teve tempo para isso,pois a vida lhe exigiu muito mais. Apesar disso o considero um . Além de extremamente sábio e intuitivo. Uma frase sua me acompanha sempre : “ Isso está muito conversado , Cris! “ em relação a eterna mania feminina de se explicar, justificar , auto afirmar , mandar recado . Também costuma afirmar que “Não existe bala perdida”.Demorei para entender que a frase sintetiza seu maior credo, a doutrina espírita kardecista ,a qual aprendí a respeitar - por raciocínio , como sempre ele sugere. O avô ,dentista,foi considerado “feiticeiro “ na década de 30,numa pequena cidade do interior de São Paulo , por trazer conforto e alívio às pessoas através dos seus ensinamentos e da sua profissão .

Esse meu amigo e conselheiro , na semana passada me dizia estar com mau pressentimento , uma sensação esquisita de que alguma coisa ruim estava para acontecer . Fiquei preocupada, já que ele nunca fora de fazer drama ou descuidar das palavras proferidas.Meu amigo está agora num leito de hospital, lutando obstinadamente pela vida . E eu estou aquí, perdida , sem chão e cansada de rezar . Repentinamente minhas outras dores ficaram menores e menos inquietantes do que essa.
____________________________________

Quero agradecer à Tânia , defensora pública, mulher , profissional atuante e esposa linda, pelo sempre carinho. A estrada fica mais clara, bonita e segura com tua amizade, viu, linda?


Até mais, pessoal.

24 comentários:

Grace Olsson disse...

CRIS

O problema do outro sempre é maior do que o nosso.
A de seu amigo é a prova viva disso. Acordei um pouco mal, de enxaqueca, ofegando eadormeci em sonhosw e pesadelos sem fim.
Acordei e vim te ler.
As opiniões dele sobre a blogosfera...ME DÃO ÊNFASE CADA VEZ MAIS QUE

SE NÃO HÁ PRAZER, DESCONTRAÇÃO, TORNA-SE ALGO DOENTIO. COM RELAÇÕES DOENTIAS A NOS ENREDAR.

TORÇO, SICNERAMENTE, que ele se recupere. A força interior, ele tem.Deus há de ajudar, amiga.
beijos e dias felizes
http://eueorenascerdascinzas.blogspot.com/

Anônimo disse...

Deste lado do mar, uma força para o teu amigo ( ainda meu conterrâneo, mesmo que longínquo, soube agora ).
Que os momentos menos bons passem e voltem a felicidade e a alegria ( aos dois ).
Beijinhos...
Spider

Jonice disse...

Kikote, lá vai a minha voz para orar junto com a tua, lá vai também meu ombro pra você descansar uns minutinhos. Um beijo pra ele, querida.

Beijo

http://prosaeverso.nafoto.net disse...

.




Como vocês disseram em certo momento; não existe bala perdida. Portanto a sua dor será doída e a apreensão haverá de ser sentida.

silvioafonso




,

Claudia Pit disse...

Cris, querida... que saudades!
Estive ausente, mas com vc sempre nos pensamentos e no coração...
Sinto muito pelo teu amigo, queira Deus que seja apenas um grande 'susto' e que breve voces possam estar respirando mais aliviado.
Vc sabe que pode contar sempre comigo, né?
Bjos
Deus abençõe sua semana
Cláudia

Edu disse...

Um monte de beijos e de preces para ele, família e vocês, amigos dele!

Lino disse...

Cris:
Vamos torcer e nos juntar no pensamento positivo para que o seu amigo se recupere. E tudo volte a ser como antes.

ery roberto disse...

Cris, a melhor definição de amigo pra mim é cantada e por ninguém melhor do que Milton Nascimento. Aquela coisa para ser guardada do lado esquerdo do peito. Cada um de nós tem uma coleção deles e é claro que, por ser alguém que está dentro de nós, traz uma dor profunda quando algo assim acontece. Eu torço para que seu amigo se recupere o mais rápido possível.

adelaide amorim disse...

Ai, como te entendo, Cris. Amigo assim é coisa rara, difícil de encontrar e mais difícil ainda de ver sofrendo. Então vamos juntar nossa torcida pela recuperação dele e por tua alegria.
Beijo beijo.

Lola disse...

Minha linda,
Perdida, isso você não está, encontrei você...
Sem, chão, divido o meu com você...
E se estás casada de rezar, divida comigo esta tarefa. Começarei hoje.

Você sabe como me achar...

Você é linda, não se esqueça disso!!!

Um beijo, mas dessa vez, no seu coração...

Ilaine disse...

Oi, Cris!

Acabo de conhecer o seu blog. Está lindo aqui... Voltarei!

Fico aqui, de longe, torcendo por seu amigo.

Beijo

Lumife disse...

O acaso levou-me ao Berço de Ouro e qual não foi a minha surpresa quando ali te vi posando na tua infância...

Esta blogosfera...

Beijos

Lumife disse...

Acompanho-a no seu sentimento de amizade e reconhecimento desejando as melhoras do Amigo.


Bjs

sandra camurça disse...

Cris,
que teu amigo fique logo bom. sempre fico angustiada quando tem gente amiga no hospital. Olha, tb amo essa geração que vai dos 60 aos 68, os que conheço, pelo menos, são muito contraculturais. a geração mais nova é mais careta. incrível isso, não?
Beijão

R.C disse...

Que ele saia logo dessa cama, Cris.

Bjx

RF

jorginho da hora disse...

Puxa, cris, lamento pelo seu amigo. TAMBÉM VOU REZAR POR ELE. aINDA ASSIM É UMA BELA HISTÓRIA.
Um abraço!

Divã do Masini disse...

Até agora, por aqui, só desejos bons. Espero que, mais uma vez, eles se sobressaiam.

Abraços

acqua disse...

Gosto de olhar para trás, subir num banco. Tentar ver as coisas por outro ângulo. Sempre me permite a sensação de que as coisas são bem mais simples do que imaginamos.
Estou com um pouco de sono hoje (rs) sério. Acho que é a semana e a origem do mal (traduzindo: aqueles dias em que nós mulheres sentimos inveja de Hitler e dá vontade de mandar matar a humanidade. Credo. Ainda bem que isso passa).
Boa noite...

jorginho da hora disse...

Cris, ontem rezei por seu amigo e pedi à minha mãe, que é evangelica, para rezar também. Hoje vou pedir a uma amiga que também tem muita fé para fazer o mesmo. Não deixe a peteca cair! Aliás, achei lindo esse texto!

Beijos!

Lucianna Lima disse...

Olá Cris, muito prazer!!!
Sim prazer, porque adorei seus textos e a forma como os escreve.
Quem eu sou? Como te achei?
Bom, sou uma pessoa muito feliz, tenho 37 anos, sou casada, mãe de dois filhos, publicitária, locutora, dona-de-casa nas horas vagas, politica e ecologicamente correta e sensível à vida e ao amor, acima de tudo. Eu moro em Franca, no interior de SP e vagando em outros blogs, acabei achando o seu. É isso !!!

Quero convidá-la a conhecer o meu blog, que tem de tudo um pouco...
Um abraço, bom restinho de semana.

Lucianna Lima - Franca - SP
infinidadedepalavras.blogspot.com

Dora disse...

Oi, Cris. Sei muito bem o que a vida faz com a gente...
Seu melhor e mais caro amigo sofre, e você sofre com ele.
E eu penso que não há nada que possa consolá-la, a não ser ficando solidária, com ambos.
E se pensamento forte vale...envio o meu mais potente desejo de que todo o mal passe e acabe... da melhor forma possível.
Beijos saudosos.
Dora

http://prosaeverso.nafoto.net disse...

.






Eu sei que te perdeste, por favor, deixas que eu te oriente. Eu quero saber das coisas, preciso entender a gente. Foste esquecida por quem jurou eterna lembrança. Fez isso por uma mentira, uma tolice, coisa de criança. Agora estás entre as estrelas bem longe de tudo, perdida no nada. Tentes me alcançar, dê-me a tua mão. Estique o teu braço, a tua alma, o teu coração ou esquecerei que te vi chorando, sem esperança, sem luz e paixão.

silvioafonso












.

Tânia Defensora disse...

Oi Cris!
Acabo de ler no blog Consciência e Vida, da Jeanne sobre pressentimentos...
Vim para o seu, li a história de seu amigo que falou sobre o pressentimento que ele teve de que algo ruim iria acontecer!
Meu Deus!
Pressentimento é Deus nos lembrando de algo já programado e se teu amigo é kardecista ele deve saber do que estou falando.

Quero te agradecer pelas palavras carinhosas.

Fica em paz, Deus faz pela gente aquilo que a gente não consegue fazer sozinha.

Beijo

Rico B. disse...

sorte para todos. e que todo problema traga o ensinamento que lhe cabe. se precisar, basta apertar o botão vermelho. *rs