29 de maio de 2008

A volta da velha senhora

Imagem retirada daquí.

Ela voltou. Finalmente .
Andava sumida. Lembro-me de tê-la encontrado em Lisboa a caminho de Barcelona, elegante, bem vestida. Logo após a doença do meu velho , e com ela, uma prova me esperava .Nessas ocasiões ela se afasta. Provações são pessoais e intransferíveis...e solitárias.
A ultima vez que a ví foi numa ilha no sul do Brasil. Convidei-a a hospedar-se comigo. Ela aceitou .Depois disso nunca mais a ví.
Já começo a entender seus ciclos. E a respeitá-los.
Nada a dizer da sua presença nesse momento. Apenas sentí-la.
Seja muito bem vinda, velha senhora.
Fica por aquí o quanto quiseres.
Estou aprendendo a te receber melhor , mais , estou aprendendo a conviver consigo.
Sem culpa.
Ciclicamente.

14 comentários:

tonhOliveira disse...

Retribuindo tua queda...
adorei te visitar!
até...

Regina Ramão disse...

Acho que estes ciclos somos nós que fazemos, né Cris?

A sensação que tenho, agora com a maturidade, é que a Paz está sempre ao nosso lado, às vezes a acolhemos, às vezes não.

Em várias circusntâncias parece não depender de mim esta aproximação, fico tão angustiada com situações que não consigo controlar que me sinto impotente e totalmente sem Paz, mas na verdade, ela está ali, esperando que eu a perceba.

Beijo e bom findi!

Re

edu disse...

Que bom que ela voltou!! Também estamos por aí, só no sapatinho... :-)

Jens disse...

Oi Cris.
Cuidado com a Velha Senhora. Ela é ardilosa, turva a visão e impede que vejamos em sua plenitude o sol e as cores alegres do cotidiano. Também tem o dom de alterar o paladar, nos privando de saborear o doce do mel. Não permita que ela se instale em teu reino. Lute, esperneie, grite! Se precisar de reforço, estamos aí.
Um beijo.

Ricardo Rayol disse...

estou na fase do velho senhor

Cris disse...

Até , tonhol.
Quedei novamente.

Cris disse...

Re, minha linda:
Nós fazemos tudo ( e nada) .Conheces a expressão : "Não existe bala perdida" ? Pois..rsrs Beijaço!

Cris disse...

Edú..
Tu és um supermercado: fofo, inteligente, carinhoso, espirituoso. Tens tudo!
beijo, lindo.

Cris disse...

Jeans,

Desconfio que não estamos falando da mesma velha senhora , mas, de qualquer maneira , thanks pelo cuidado .
É ruim ter reino, hein, foforucho???
Inté!

Cris disse...

Rayol..
Hummm...bom saber!
Bj

ery roberto disse...

Cris, pois enquanto sentir a presença da velha senhora, curta em toda intensidade a leveza e sensação de completude que ela deixa em cada um de nós. Agradeço-te pelos comentários que tem levado aos meus textos. Além, é óbvio, da sempre carinhosa presença. Beijos, bom final de semana.

Cris disse...

Pra você também, Ery. Que nossos esforços sejam recompensados .
Não aceito agradecimentos pelo que faço por prazer e com o coração, falou?

Até "pra semana".
beijo.

Jonice disse...

Essa velha senhora tem o colo generoso. Travesseiro de seus braços só não faz quem não quiser, não é Kikote?

Belo post! Belíssimo!

Beijo :)

Cris disse...

Vero, joquita. Eu maltratava a velha senhora até a bem pouco tempo. Estou aprendendo a aceitá-la , sabendo que também a mereço. ( chega de punição, não?? ) rsrs..
Esse comentário sumiu , por isso demorei a postar outro, tá bom??

Beijãozão do tamanho de Curitiba.