23 de outubro de 2008

25 de outubro de 1982

Tínhamos decidido : nosso bebê viria à luz como os índios: de cócoras . E em casa. Escondemos nossa intenção das famílias, confundimos as mães sobre a data. Assim, naquele pequeno apartamento em São Paulo, no chão , junto do meu então marido, de uma parteira muito jovem , e de uma equipe médica maravilhosamente louca e competente , renascemos. Os pacientes desses médicos eram artistas , povo de teatro , músicos, escritores alternativos , povo sem grana .Como nós . Era uma equipe apaixonada e empenhada , que acreditava na vida e seus milagres.

Ian chegou com a ajuda do seu pai que , mesmo em surto , esperou até que ele respirasse mais tranquilo e se recuperasse do esforço do nascimento para cortar o cordão umbilical. Foi um ato sem pressa, emblemático. Ele nos desuniu e se juntou à nós para toda a vida. O cordão já estava murchinho pelo descanso do bebê sobre meu peito, reconhecendo e se acalmando com o toque do meu coração . Eu ,que naquele momento sentia uma alegria tão suprema , tão sem tamanho, como nunca sentira antes , tive a certeza de que o mundo , a partir daquele encontro ,não seria mais igual diante dos meus olhos, sentí que num repente ele, o mundo , ficara ilimitado .Assim como a minha capacidade de amar. Para sempre.

Parabéns filhote . Você é "O" cara.


No zoológico em Sampa, 1985


beijão queridos. Até a blogagem coletiva.

34 comentários:

Magui disse...

Ai..ai.ai..ai..Que coragem!!! Só de pensar entro em pânico!!!!!

Parabéns para o rebento.

Jonice disse...

A carinha do Ian tá demais!
É muito legal como ele sintetiza vocês dois, né Kikote.

:)
Eu que fiz a foto do zoo?

Beijo

Jacinta Dantas disse...

Mulher, que descrição linda desse milagre da vida. Pura emoção.
Beijo pra você e seu filhote.

Yvonne disse...

Menina, que gato é esse? Pena que ele não more em Guarapari porque eu iria apresentá-lo à minha gatinha. Dê milhões de beijocas nele e muitas felicidades.
Beijocas

http://prosaeverso.nafoto.net disse...

.




Chegou sem avisar? Não sei. Entrou sem ter batido ou acionado a campainha, o alarme ou telefonado? Também não fiquei sabendo, mas sei que ele veio e não encontrou um mundo feito para ele como proposital o seu quarto era azul. Veio e foi direto à arena e com a permissão do IBAMA deve abater, na medida de suas necessidades, um leão a cada instante. Não importava à natureza se o seu nome seria flor, sol, mar ou trovão, não. O que importava era a sua saúde, quanto ao nome, seria chamado de querido, meu filho ou menino para toda a vida. Quisera que todos tivessem o privilégio de ter um mundo, mesmo que fosse o seu mundo pessoal, preparado e com tudo para atender as suas necessidades à sua espera e que ele, o seu mundo, tivesse a sua cara, o seu jeito e nele fossem realizados todos os sonhos da humanidade, quer seja ela bem nascida ou não e para todo o sempre se assim puder. Não sei porque, mas parabéns para quem nasceu de um parto igual, desigual ou especial, desde que tenha descoberto que o seu nascimento era a razão da vida e da morte dos que esperavam por quem não se sabia convidado.

silvioafonso.









.

DO disse...

Felicidades a ele. Bonita homenagem!!

Beijos,CRIS

CRIS disse...

OI Magui!

Quase entramos também...

beijo, querida.

CRIS disse...

Siiimmm. Jokita, a foto é by Joca... Nós passávamos uns dias com vc em Sampa, lembra??

Beijo, querida.

CRIS disse...

Jacinta, obrigada.

Essa história é emoção sim...Até hoje.

Beijão, flor.

CRIS disse...

Yvonne..

É gato sim, muito...rsrssr. Foi agarrado, amiga. Casou-se ano passado.

beijão querida.

CRIS disse...

Oi, poeta...

Ele chegou esperado, é bem verdade,no entando jamais esperaria um cara como ele. Pensava não existir.

Beijão. Bem legal tua presença aquí.

CRIS disse...

Oi, Do. Obrigada, lindo. Já se procurou? A lista está mais completa agora com você.

Beijaço.

Jonice disse...

E como lembro!!!!!

Assim que vi a foto pensei no Nando tocando violão aqueles dias, lembra?

Beijo :)

Edu e Mau disse...

Gente, que hómi bunito!! Sorte a dele que eu curto tiozão! :-) E a Mamãe estava inspiradíssima naquela noite (ou tarde ou manhã) em que rolou a concepção, hein?? Aí tem Sazón!!!!!! :-) Parabéns!!

Aninha Pontes disse...

Cris querida, que lindo, seu bebê.
É assim, esses momentos de nossas vidas poderão ser lembrados por nós, por uma vida inteira, e minunciosamente.
Dá para sentir novamente cada batimento cardíaco, dá prá ouvir o som do choro.
É uma ligação muito forte, é uma certeza de que o amor existe, e é prá sempre.
Beijos meu bem.
Parabéns à vocês dois, pela vida.

Regina Ramão disse...

Que linda declaração de amor, Cris! Fiquei com os olhos embaçados. Parabéns a vocês! Que esta viagem compartilhada traga muitas alegrias a ambos.

Beijo

Re

Márcia(clarinha) disse...

Uau!!
Que espetáculo tanta certeza e confiança na natureza, parabéns querida pelo filhote e por vocês que unidos, apresentaram um mundo de paz e amor ao recém-nato.
Toda felicidade do mundo pro filhão!!

lindos dias,flor
beijos

CRIS disse...

Joca...

Mais um detalhe : Naqueles dias vimos através do I ching grandes mudanças. Algo como os lados serão virados , mudança , mudança...

Beijo, querida. Bom ter você como companheira nessa estrada , viu?

CRIS disse...

rsrsr Dú... estávamos inspirados sim, comemorando o aniversário de casamento : 12 de fevereiro .

Beijo, lindo.

CRIS disse...

Oi, Aninha...

Verdade. Esses momentos não dá para esquecer. Pena que o lindo ex marido estvivesse tão nervoso com meus gritos que abandonou todo o equipamento fotográfico que havia arrumado...rsrsr

Beijão queridíssima.

CRIS disse...

Re..

Que saudades de você, garota. O companheiro de viagem foi um presente da vida.Compartilhamos os 3 sim.

Beijão.

CRIS disse...

Obrigada, Marcinha.

Vamos tentando fazer por merecer esse presente dos céus.

Beijo lindíssima.

Helô disse...

hehehe
com certeza uma verdadeira declaração de amor para o Ian...
Amanhã de meus parabéns para ele!!!!
Bjoka

Jonice disse...

Feliz aniversário!
Excelente novo ano, Ian!


Alegria e beijos, Kikote :)

PS: Sim querida, este detalhe continua lembrado.

Aninha Pontes disse...

Bom domingo, boa eleição querida.
Beijinhos meu bem.

CRIS disse...

Obrigada , Helô, minha gafanhota-arquiteta-bebê...

Dei seus parabéns sim.Enchí a bochecha dele de beijos...rsrsr

Beijão.

CRIS disse...

Beijus , Joquita.

CRIS disse...

rsrsr Aninha ..

Graças aos céus ( ou azar dos céus ) aquí na minha cidade não houve 2. turno.

bela semana, querida.

Tânia Defensora disse...

Oi Cris!
Eu fiz de "um tudo" para ter parto normal, mas a placenta envelheceu antes da hora...
Que experiência fabulosa!
Beijo querida.

CRIS disse...

Foi marcante a experiência sim, Tânia. Meio louca, mas compensadora.

beijão, linda.

Janaina Amado disse...

Muito lindo este seu post, Cris. Abraço.

Bia Pontes disse...

Falar de pais e filhos sempre me toca. Pessoas que se enxergam de verdade, se nutrem, se permitem a liberdade, apresentam novos mundos uns aos outros.
Lindo post, querida Cris.
meu beijo aos dois!

CRIS disse...

Oi, Janaina...

Confiei de imediato na tua indicação de leitura. Boas resenhas são assim: objetivas , claras.

Já falei que gosto de você por aquí?

Beijo.

CRIS disse...

Bia querida:

Um comentário carinhoso e cheio de emoção.

Grata, Bia. Você já faz parte desse sítio. Desde há muito.

Beijão, linda.