22 de agosto de 2008

Pretensão



Eu queria escrever um texto bonito . Por si mesmo. Um texto sem conflito latente,um texto competente . Um texto sofisticadamente simples e atraente .Um texto despudoradamente feliz.Um texto sem o rito dos poetas , sem o desvario dos apaixonados.Um texto de sexta-feira alforriada sem o pó das argamassas.
Queria escrever um texto sem hora marcada , sem beira nem mote sem eira nem rima. Um texto sem lembranças ou reentrâncias . Um texto que não ultrapassasse o presente nem fincasse os pés no futuro . Um texto que não mandasse recados , não ditasse valores ou ensinasse conceitos.Um texto que tirasse o norte do pombo correio , que fosse o "cuidado, cão bravo" do carteiro.Um texto maneiro.Um texto cuja beleza mantivessem despidas as intenções e nuas as divagações.Que nada escondesse quando acenasse às claras.Um texto onde a vaidade estivesse de folga e o tédio no descompasso da emoção.Que sem ser tolo fosse verdadeiro , sem ser invasivo mostrasse ousadia . Queria escrever um texto sem vícios,carências ou frustrações. Um texto que de tão sucinto não deixasse saudade. Um texto de coragem guardiã, feminina , garrida , curvilínea .Que transformasse medo em proteção , raiva em atitude, mentira em desperdício, vontade em movimento. Que desafiasse idiomas , sotaques e divisas. Um texto de fé sem pieguice e que não (se ) traísse.Um texto sério. Um texto que provocasse riso nas mazelas . Um texto quase sem explicação.

Um fim de semana dos melhores, pessoal.

Sol, amor e família!

Beijos.

28 comentários:

Edu disse...

Nossa, eu queria ter escrito esse seu texto!! Não, não... melhor lê-lo e saboreá-lo mais uma vez! Bom fim-de-semana!!

Grace Olsson disse...

Cris, escreveu.
Belo texto.
beijos edias felizes
http://eueorenascerdascinzas.blogspot.com/

sandra camurça disse...

Você conseguiu, Cris! Excelente texto!
Bom fim de semana procê!
Beijos!

CRIS disse...

Ai,ai...a vaidade bateu, agora, Dú...Obrigada, lindo.

beijos, meu fofo.

CRIS disse...

Grace, minha linda...

Excelente fim de semana.

Bj

CRIS disse...

Sandra... ( cadê minha passadeira vermelha? )

Adorei tua visita, viu?

Beijão.

Jonice disse...

Que gostosura de texto!

Bom fim de semana :)

Beijo

CRIS disse...

Joquita, minha linda...

Quase o intitulei "Autofagia" rsrsr mas aí seria pretensão exagerada...

Beijo, fofa.

Rico B. disse...

o bacana é que a gente vive tanto na tensão que quando acontece algo realmente significativo, e muitas vezes simples, parece que toma uma dimensão universal de bons valores. texto gostoso de ler, cris, com jeito de quem quer mudar paradigmas. *rs - tô junto.

http://prosaeverso.nafoto.net disse...

.






Caçador de tristezas. Era isso o que eu era. Na minha frente corria o velho perdigueiro. A sacola, o arco e as flechas seguiam a tiracolo. Mata adentro, campinas à fora e nós seguíamos na intuição. A espera era angustiante, preocupante, desgastante, mas assim que ela chegava o cachorro avisava e em mim eu via tremer as mãos e o corpo inteiro. No momento em que eu mirava e deixava partir do meu tesado arco, a flecha que matava, a testa molhava, a respiração ofegava e acelerado ficava o meu coração. Doía na minha alma essa covardia. Ardia na minha carne a maldade que eu, predador de todos os seres vivos, fazia com quem não podia escapar. Uma dúzia daqueles pássaros, duzentos gramas de carne rara faziam arrotar a vaidade de qualquer idiota. Na Ásia basta que qualquer coisa se mova para pertencer à cadeia alimentar de um bilhão e trezentos milhões de mortos de fome que devem sofrer para não comer a própria mãe. Mas eu disparei aqueles dardos. Eu feri de morte as pequenas codornas que seriam mastigadas e degustadas como as valorosas indefesas perdizes que elas eram.

silvioafonso.








.

isasidney disse...

GARRAFA AO MAR – MENSAGEM 1



Publicar um livro é fácil. Divulgá-lo, o mais difícil. Peço a sua compreensão, ao lançar, no mar da Internet e no seu blog, a minha LUA QUEBRADA!

Um livro para mexer com sua libido. Um romance inesquecível, pela carga de amor, entrega, paixão e erotismo no encontro nada convencional entre um professor e sua aluna.

Publicação da Editora Biblioteca24x7, que comercializa obras pela Internet (edição on-line e impressa).

Buscar, na seção ERÓTICO (ÁREA, à esquerda), esta obra:

LUA QUEBRADA

Autor: Isaias Edson Sidney

ISBN: 978-85-61590-45-1

Só disponível pela Internet, no endereço abaixo:

http://www.biblioteca24x7.com.br

LUA QUEBRADA: PARA INCENDIAR SUA IMAGINAÇÃO!

http://luaquebrada24x7.blogspot.com/

Márcia(clarinha) disse...

Conseguiu!
Seu texto está gostoso de ler, flui..as palavras dançam e nos fazem pensar, eu também queria ter escrito um texto assim.;))

lindo findi, flor
beijos

adelaide amorim disse...

Texto delicioso, Cris! E o sol, que barato (guardei para posteriores aplicações, visse?)
Isso é que é um belo post!

Beijo grandão pra você, querida.
PS: ontem foi meu aniversário.
mas tenho certa má vontade com esse dia, por conta do qual a gente se lembra de que algumas coisas já se foram sem volta.
Por isso não aviso nada, não dou festa no blog nem nada. Mas não fica triste comigo, não é por falta de querer bem que não aviso aos amigos que ainda não sabem : )

Priks disse...

Adorei!!!!

CRIS disse...

Rico, meu rico pleonasmo...

Na mouche . A melhor notícia ? Você estar junto com a s quebars. Bora, lindo!

( Você faz sucesso entre as meninas da minha cidade que entram cá no sítio...rsrsr )

Beijão.

CRIS disse...

Olha, poeta...que mea culpa mais cheia de vaidade...Claro que és um predador, claro que codornas e perdizes são abatidas a cada instante, mas , apesar de tudo, continuo repartindo as responsabilidades em 50% para cada um...Lembre-se que quem engana sempre encontra alguém que quer ou precisa ser enganado.

beijo

CRIS disse...

Sr ou sra. lua quebrada...

Tenho uma visão tão particular de erotismo, que nem imaginas...

CRIS disse...

Olha, Marcia, tua opinião aguça a minha vaidade, sabia? De qualquer forma a estou amordaçada...rsrsr

Beijão, linda.

CRIS disse...

Oi, Adelaide... Sei que foi , mas respeitei o que suspeitei ser teu jeito: sem alarde.

Terminou o inferno zodiacal, então? Ano novo! Muita luz e paz, tá bom?

beijo, querida.

CRIS disse...

Priks, minha linda heavy metal... (rsrsr tive vontade de te chamar assim...)

Beijo, querida.

Tânia Defensora disse...

Oi Cris!
Acho que vc conseguiu seu intento.
Parafraseando Chaves... foi sem querer querendo...
Beijo querida.

Dora disse...

Queria escrever e foi escrevendo. Saiu o texto, como se fosse o retrato de um momento ideal. Um texto sem compromisso com as conveniências e formalidades. Um texo tão livre que dispensa explicação. Não sei explicá-lo, por isso...rs Ele, o texto, é você, em particular.
E saiu bonito.
Beijos, cris.
Dora

Cris disse...

Oi, Tânia, doutora linda:

Brincando dizemos as verdades e sem querer queremos, né não?

Beijão.

Cris disse...

Dora...

Você faz minha melhor tradução.

Beijão, garota. Te gosto muito.

Jacinta Dantas disse...

Oi Cris,
já me encontrei por aqui. Que legal! fico contente por fazer parte do seu espaço. Nesses dias estou sem computador em casa, por isso o sumiço. Logo, logo, voltarei, assim que o PC ficar bom de vez.
Beijos

Ricardo Rayol disse...

eu queria tb ter essa pretensão.

CRIS disse...

Jacinta...

Estamos te esperando sempre.

Bj

CRIS disse...

Vamos tentando, Rayol, uma hora acontece.Um das premissas para isso acontecer é não se apaixonar...rsrsr


Beijão, lindo