22 de abril de 2008

Quem assume a cagada?



Assumir é um verbo em desuso.E não falo só no amor, cuja excentricidade da oferta nesse novo milênio assustou ,encolheu e solapou a procura . Estou falando na vida profissional: minha solitária e única alternativa para meu próprio sustento como para o sustento da minha família , na incompetência de encontar alternativa mais erudita : herança, partilha , casamento ou berço de ouro .



Estou num estágio profissional mais valorizado pelo conhecimento técnico e pessoal adquirido através dos anos de prática que por algum talento. Quem contrata hoje busca no profissional a habilidade de coordenar grupos de trabalho. Fase da famigerada Assessoria Técnica : o "know-what" no lugar do " Know-how", tempo do "eu sou foda" sem deixar de reconhecer quando "nós vencemos" .Fase de jogar experiência fora : uns cobrando fortunas em palestras , outros escrevendo em blogs .Apesar dos anos ,estou experimentando o que minha avó chamava de "Sinuca de bico".



Um segmento onde (também ) atuo é de assessoria às incorporadoras e empresas de loteamentos ou condomínios. Mêses atrás assinei um contrato para assessorar um grupo empresarial . Montei uma equipe multidisciplinar e fomos desenvolvendo os projetos. Os empresários ,através de uma equipe técnica inexperiente e omissa,não participavam dos momentos decisivos ,faziam o papel de sempre: cobravam prazos acintosa e equivocadamente, sem me comunicar.Finalizando o trabalho,recebemos o aviso: os resultados estariam aquém do desejado ,querem mudanças . Agora?!!!! 3 minutos para o fim do 2°tempo em partida decisória - sem direito à prorrogação?



Segundo meu "guru", escritor e pensador da minha juventude Dr. Flávio Gikovate, a humanidade é composta por apenas 2 tipos : o generoso - que não sabe dizer não,tímido,reprimido, manipulador ,usa de generosidade para retirar algum proveito pessoal , mesmo que só elogios.(Diferente do altruista, tipo sadio,que tem a capacidade de ajudar um próximo desconhecido e distante, de forma desprendida). Voltando à vaca fria, o outro tipo seria o egoísta : narcisista e esperto, percebe as atitudes do generoso e aproveita-se delas para tirar vantagens pessoais , prepotente ,mascara insegurança e fraqueza.
Segundo ainda o escritor, um terceiro tipo humano estaria se desenvolvendo entre nós : o justo - nem generoso nem egoísta,aquele que saberá discernir erros e reconhecer responsabilidades com insenção e raciocínio prático.O assunto é polêmico .



Nesta 6a. feira vou à São Paulo para uma reunião com todos os envolvidos. Claro que serei a parte frágil a ser cobrada - lobo não come lobo . Chego sozinha representando uma equipe que precisava de decisões , comprometimento e partilha dos interessados . Uma equipe que igualmente mostrou-se vulnerável, quando um integrante, isoladamente,não soube lidar com pressão e equivocou-se pela ansiedade .Tomou um atalho incoveniente por incapacidade de dizer não à alguém "forte".O resultado ficou comprometido, não passando pelo crivo determinante: custos.



Fecho os olhos e antecipo a minha próxima 6a. feira: uma sala imensa no 20.andar de uma luxuosa torre empresarial numa luxuosa avenida da capital. Numa grande mesa para reuniões , "corian black" ,25 interessados entreolham-se com raiva e medo, posição defensiva , esperando pela oportunidade de ataque - "sangue nos olhos" - diria meu filho. Nos extremos da mesa os diretores. Silêncio ensurdecedor... um dos diretores fixará o olhar em mim e dirá `a queima -roupa":


" - Então, Arquiteta , o que houve exatamente ?


Me vejo (quase) impassível,(quase) serena, (quase) despreocupada :


" - O senhor quer uma resposta generosa, egoísta ou justa?"



Boa semana, gente.Rezem por mim...

31 comentários:

Ricardo Rayol disse...

isso de tirar o c* da reta é de lascar. rezarei por você mas esqueceu a venda do crpitcho como alternativa erudita, afinal é a profissão mais antiga do mundo ehehe (desculpe, foi absolutamente irresistível.

Agradeço a visita e o epíteto relacionado ao Rayol. Achei interessante como ordenou os blogs.

boa semana e boa sorte. Qualquer coisa atire um pela janela, 25 andares é uma queda espetacular.

Cris disse...

rsrsr Rayol...

A sacanagem da vida é que só vamos descobrir que tínhamos coragem e bom produto na falta de talento, quando não temos mais nem coragem nem produto , talvez algum talento ;)

beijão e boa semana.

Helô disse...

Apesar dos pesares e de todas as zicas...no meio de campo .. se serve de consolo ... Estou com vc e não abro!
C´est la vie
bjo
e inté

Cris disse...

Heloclildes, fiel escudeira...

Agradeço a força e a dedicação, gafanhota. Tua declaração te assegura uma maximização salarial. R$2,00 está bem? Não comece a gastar por conta!

Bj

Jens disse...

Oi Cristinete:
Seguinte: corja de cornos, fdps e viados (perdão cornos, fdps e viados do bem).
Se tu quiser, eu vou junto. Levo o meu relho e a minha faca de churrasco. Se a reunião descambar pro entrevero franco e sincero, deixa comigo. São 25 participantes, né? Como são todos empresários, são todos bunda-moles. Uns 20 eu deixo no chão à relhaços (relho de couro de vaca trançado, herança do vô Daniel). Os outros eu vou carnear com a faca da cabo de preta que seu Antônio deixou pra mim (isto se eles não aceitarem os teus justos argumentos).
Não temas, minha donzela, amada Dulcinéia. Eu, o Cavaleiro da Triste Figura estou indo em teu socorro.
(Porra, Sancho Pança, o pentelho, está dizendo que não temos grana pra passagem. Merda. Vamos, eu ele e o Rocinante - pra BR pedir carona. Sou bagual que não se entrega assim no mais).
Beijo. Aguarde. Te salvarei.
Enquanto isso, um recado ao empresariado paulista: lembrai-vos de 32!, cambada de fiadasputa.

Cris disse...

Amado...

Bem que querias ( que fosses junto), mas sei-o bem...teu corcel não aguentará te trazer no lombo , tãopouco o burro de Sancho , Russo, sempre faminto e esquelético.
Resta-me sonhar... em projectar ( gostaste? )uma linda casa na planície do pampa sulino, com arcos pontiagudos e largos pórticos, para nela plantarmos ciprestes e palmeiras, junto com nosso amor.

Ósculos e mais ósculos.

Dulcineia del Toboso

Jens disse...

Arcos pontiagudos e largos? Hummm... gostei. Faz o meu estilo.

Cris. disse...

Smack! , Jens.
Sei que faz.

Antonio ... disse...

Cris,
Nem sei direito o que te dizer! Vida de consultor, assessor, técnico e afins é este inferno na Terra.

Bom, dois segundos de seriedade: nos projetos onde estou, tento encaixar as datas das decisões por parte da "nossa equipe" e as datas por parte da "equipe do cliente". Todos devem estar de acordo com o tal do cronograma, e daí fica fácil: se eu piso na bola, o atraso é meu, eu me viro (normalmente é "viro a noite para recuperar o trabalho"); se a reunião da diretoria do cliente não acontece, então ... fica patente que a turma não está envolvida e corre o risco de levar uma "multa" na cara (uma semaninha de honorários na cabeça, por exemplo). Na hora de vender o trabalho, normalmente todo mundo assina isso. Problema é se a turma começa a dar para trás e dizer que não é bem isso, que a assessoria que não apresentou o documento no dia etc. e aí você qualificou muito bem a turminha "do outro lado".

Outra coisa importante, que aprendi dos colegas que implementam sistemas de informação, daqueles complicados: só passe para a fase seguinte se o cliente aprovou a anterior. No teu caso: se não estão certos sobre o custo do projeto, não mexa o lápis. Quem é responsável por isso tem de te entregar o documento assinadinho, três vias, reconhecido no cartório (haha). Tem que ter a aprovação para você poder se mexer.

Fiz isso uma vez: quase que me esquartejam (afinal, hoje é Tiradentes!!), mas o projeto terminou com todos felizes e amigos. Foi bravo, tivemos que sacrificar um ou outro durante o projeto, mas a equipe do cliente estava disposta a isto e a nossa também. Virei umas noites, mas valeu a pena.

Estarei na tua torcida. Sexta-feira também terei uma mega reunião aqui em Porto Alegre. Lá vou eu.

Beijos

Antonio ...

Cris disse...

Antonio...

Que boas dicas !. Agora confirmo que houve omissão do cliente e boa fé ( ingenuidade?? )nossa - yeh!somos do interior!!!!.
Não devíamos ter continuado sem um ok explícito.
Vivendo /ouvindo/lendo e aprendendo.

beijão e obrigada.
Depois volto pra contar.

Cacá BH disse...

ow...
vai dar tudo certo...
Tô torcendo por vc, de verdade...
beijos...

jorginho da hora disse...

Sua vó tinha razão, vc tá mesmo numa sinuca de bico.

Loba disse...

Acabei de ler e sou completamente solidária a vc. E mais: apesar de já ter a contecido a 6ª, esperando que tudo tenha corrido bem e que vc tenha mostrado a força da mulher empreendedora! rs... Mas não acabo por aqui... tou é tentando me colocar num destes 3 tipos de gente. Acho que sou os três. Será que pode? rs...
Beijocas

ery roberto disse...

Cris, faça um "mix" e dê a resposta justa: generosa-egoísta! Torcerei por você. Beijão.

Cris disse...

Cacá, minha fofa...

Não queira crescer muito, viu??rsrsr..
Brincadeirinha . Certamente a lição será tirada disso. Ou um infarto.

Bj

Cris disse...

Jorginho...

Obrigada pela força otimista, meu lindo. Depois que te lí,deixei de me preocupar...com a vida.

Bjs.

Cris disse...

Loba..

O massacre, digo, a reunião será nesta próxima 6.a feira, linda. ainda não aconteceu, infelizmente.
Quanto aos tipos, espero sinceramente ter nascido generosa, me tornado egoísta e caminhando pra justa... pura vontade.

bj.

Cris. disse...

Ery:

Gostei da tua sugestão salomonica..rsrsr. Tentarei buscar o tipo híbrido.

beijo, querido.

QuincasB disse...

se prosa, deixa eu enfiar dois dedos: um, se tua avó inda viva, tá desafiada pra uma partida no tapete verde, começo da 5; outro, o pet fez história rubronegra exatamente faltando 3 minutos pro fim da inana - vai lá, pois, e arrebenta

Cris disse...

Quincas:

Tu foste o red bull dos meus quase 3 minutos. Na veia ( não na avó, por favor ).
Volto pra contar .

beijão

Jonice disse...

Kikote,

Tua avó me faz lembrar a Rita Lee dizendo que: a vida é uma sinuca, confie no teu taco.
Rezando e fazendo vizualização criativa: nessa saia justa, te vejo justa.

Beijocas

Cris disse...

Amigo de verdade não é pra quem quer , é pra quem pode , viu, Joquita ...

beijos e mais beijos.

Jens disse...

Crisete:
Presente pra ti na Toca nesta sexta-feira. Passa lá.

Claudia Pit disse...

Bom.. Ser um misto de tudo isso seria pedir muito...rsrs.

Sei o quanto é horrivel qnd as pessoas tiram o deles da reta, Como vc mesma disse, sempre sobra pra alguém que não tem nada haver, afinal, eles são lobos...
Desejo-te muita boa sorte e já que vai viajar, tente relaxar... Aproveite as maravilhas que a capital oferece!
Bjs
se cuida

Anônimo disse...

Oi, Dins...
Já passei, já peguei e já colei.Nessa coisas eu não durmo no ponto...hehehe!

beijão.

cRIS disse...

SOU EU AÍ ..ESQUECÍ DE COLOCAR MEU NOMINHO..CRISETE.

bJ

Cris disse...

Claudinha, a prometida do Brad..

beijos

LindaRê disse...

Num mundo onde cão come cão, tente ser justa... se apertar, pule pro egoísmo.
Fazer o q?

Beijos

Cris disse...

Menina, és sábia. Falou uma coisa certa.

Beijão.

Regina Ramão disse...

Oi, Cris:

A faísca atrasada aqui só chegou hoje por estas bandas. Como a estas horas deves estar frente a frente com as feras, me resta desejar-te boa sorte e dizer como uma mestra minha dizia "confia no teu taco", ainda mais se te encontras em uma sinuca de bico.

bj

Cris disse...

rsrsr Regina...
" a faísca aquí..." rsrsrsr
Sem problemas de leres o blog feito uma japonesa..o importante é ter-te por aquí.
bj