20 de março de 2009


O homem da escada
Tati Bernardi


Ele comia a professora de power yoga do 43, comia a ex-semi-virgem que de tão magra a gente via os pelos pubianos porque o osso da bacia levantava o biquíni, e comia até a Rose, mãe da Paulinha, mulher casada há 12 anos e meio e que vivia suspirando e esticando os pés de galinha no espelho do elevador.Um belo dia, o porteiro encheu os olhos de vida e contou para a minha empregada: “Ele comeu a Dona Silvia na escada do prédio...”


Dona Silvia não prestava nada, até cantavam pra ela da quadra lá embaixo: “Ô Siiiilvia, piraaaanha”... O fato é que o porteiro encheu muito os olhos de vida e continuou : “Deu pra ver tudo pela câmera de segurança, ela ficou de quatro e ele mandou ver… uma, duas, três vezes.” Não sei ao certo se a máquina sexual em forma de vizinho pagava uma caixinha para o porteiro sair pelo prédio espalhando tantos elogios ao seu desempenho, e por isso mesmo comia todo mundo, ou se aquilo era apenas uma conversa corriqueira na porta da minha cozinha, entre uma canção e outra da rádio evangélica da Maria. Só sei que comecei a gostar tanto do papo, que até sentei pra ouvir melhor.O porteiro soltou uma imensa gargalhada, transbordou de vez uma louca vida dos seus olhos, e concluiu: “Antes de largar a Dona Silvia lá, caída no chão, ele fez um tchauzinho pra câmera de segurança, a gente tava tudo lá, eu e os outros, e aplaudimos o Seu Flávio de pé.” Eu não precisava ouvir mais nada, estava decidido, ia dar pra esse cara, esse cara era o cara, era o comedor, era o homem perfeito pra gente se divertir um pouco enquanto o amor não vem. Era o cara pra esquecer o romantismo e celebrar a vida mundana.Sim, eu sou uma nova mulher, uma mulher que faz curso de astrologia, yoga, meditação, mitologia. Uma super mulher decidida a morar sozinha, decidida a ser feliz sozinha, decidida a viajar pela Europa, decidida a nunca mais ter um emprego idiota que não permita cursos divertidos, viagens e curtir a minha plena existência. Independente, espiritualizada, analisada, madura… mas, francamente: o cara mandou uma, duas, três na escada, e ainda deu tchauzinho pras câmeras? Que se dane o espírito e a evolução, meu ego precisava trepar com esse ser divino e pronto.Usei minha tática predileta para comer um homem: um dia, como quem não quer nada, numa dessas cruzadas pelo estacionamento do prédio, contei que era escritora. Não sei explicar o que acontece, mas quando um cara descobre que eu escrevo, é mais de meio caminho andado para querer desesperadamente me conquistar.Não sou promoter da Lotus e nem faço parte do “super insane guetto no brain mega pop star das super gatas iradas da festa do branco do Sirena”, sou apenas uma escritora que senta a bunda flácida de frente pro laptop e escreve a porra do dia todo. Mas eles não estão nem aí, eles querem comer minhas personagens, minhas putarias, minhas neuroses, a fotinho que sai na coluna da VIP, minhas fãs do Orkut, minhas estranhices, o glamour da literatura, sei lá... “Uma loirinha jeitosinha e ainda sabe escrever mais de um parágrafo sem falar ‘tipo assim, irado’? Desse tipo ainda não experimentei.”Não deu outra, no mesmo dia, provavelmente após ele ter lido alguma coisa minha (claro que dei todas as pistas), chegou um longo e-mail com mil elogios à minha sensibilidade e um amável convite para ir jantar no dia seguinte. Topei e corri para o armário: o homem que deu uma, duas, três na escada e ainda deu tchauzinho para a câmera merecia a produção mais sexy do mundo.Achei estranho quando flores chegaram pela manhã e mais estranho ainda quando ele abriu a porta do carro para mim. Mas tudo bem, daqui a pouco o macho animalesco ia surgir e me comer em cima do capô, atrás da igreja ou no banheiro do restaurante. Aquilo tudo era figuração para prorrogar o clímax e torná-lo ainda mais feroz.Fez questão de pedir um vinho chique de uma uva sul-africana chique e ainda pediu que acendessem as velinhas da nossa mesa. Segurou minhas mãos, brilhou os olhos e falou cheio de ternura: “Ontem você me fez chorar.”Não, não, ele só pode ter confundido o verbo, provavelmente quis dizer: você me fez gozar, me fez ficar louco, me fez ter que dar uma, duas, três no banho, me fez qualquer coisa mais animadinha… mas chorar? Ele continuou “Sabe, não agüento mais essas conquistas vazias pelo mundo a fora, o sexo sem alma, a falta de companhia inteligente para uma vida.”Mas justo na minha vez? Poxa, a professora de yoga tinha gritado tanto na sauna que deu pra ouvir até no quarto andar seus mantras. Depois ele desvirginou a modelete ossuda que vivia pagando de gatinha na piscina e até eu queria pegar, depois quebrou o galho da Rose que via o mesmo pinto mole há mais de doze anos, e fechou com chave de ouro comendo a Silvia tal qual uma cadela. Justo na minha vez ele ia querer filminho do Hugh Grant embaixo do edredon? O que eu tinha feito para merecer tamanho desprezo?“Olha, eu vi em você o que eu sempre procurei em uma mulher: profundidade.” Então, amigo, isso mesmo, profundidade, não vai querer conhecer a minha profundidade agora embaixo da mesa?Ele passou a noite toda olhando nos meus olhos, sem desviar sequer um segundo para meu decote. Contou da separação dos pais, da dificuldade de engravidar da irmã (aproveitando para deixar claro que ele está louco para ser pai) e do quanto amava os cachorrinhos, a natureza e o amor.Quando finalmente chegamos juntos ao elevador do nosso prédio, ele apertou seu andar e o meu, matando de vez qualquer esperança minha de ser devorada loucamente naquela noite. Se despediu com cara de bobo e ainda mandou uma mensagem de texto pelo celular quando eu já estava frustradamente deitada na minha cama: “Foi uma das melhores noites da minha vida.”
Dormi mais uma vez me sentindo usada pelos homens.

_______________________________________

Gente querida,adoro esse texto. Foi a Joca quem me mandou ,tempos atrás. Para quem ainda não sabe, ela é aquela irmã-amiga que pulou comigo ,de mãos dadas,do alto da eternidade para esta vida .
_______________________________________

Hoje é dia de estar em Portugal , no blog da minha amiga Lília. Vamos conferir?

beijões e ótimo fim de semana.

67 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Hoje só estou passando para desejar um feliz dia do blogueiro,
com um final de semana cheio de amor e esperança.
Aproveito para deixar um lindo poema de Mário Quintana


Amar: Fechei os olhos para não te ver e a
minha boca para não dizer...
E dos meus olhos fechados
desceram lágrimas que não enxuguei,
e da minha boca fechada
nasceram sussurros e palavras mudas que te dediquei....
O amor é quando a gente mora um no outro.

(Mário Quintana)

Abraços:Eduardo Poisl

Georgia disse...

Cris, tô morrendo de rir. Tá vendo o que dá ser intelectual?
ahahahahahhahahaah!

beijos querida adorei!

Walter Carrilho disse...

Fiquei até sem graça com o comentário lá em casa... Thanks. E fiquei com suadouro depois de ler o texto deste post. Vou tomar um banho de água gelada e já volto...

DO disse...

Impossivel não gostar do texto,CRIS. Eu ja desisti de entender a mente humana,rss

Beijos!!

Cris disse...

Obrigada, Eduardo, pela presença sempre gentil. Vou te visitar já já.

Beijão.

Cris disse...

Ai, ai, Georgia...

Sempre rio muito com esse texto também. Bom para a minha sexta feira cantante...rsrsr

Beijo, garota.

Dora disse...

Cris. Eu, simplesmente adorei esse texto! Gostaria tanto de tê-lo escrito!! rsrsr
Um humor inteligente, de frases deliciosamente livres e "desbocadas". Ah! Não sei! Fez minha cabeça! Amei!!!!
Beije a autora por mim.
Beijo você, eu mesma!
Dora

Cris disse...

Walter,

Sem graça? Put,s...agora voce me pegou!Quase embolotei.

Beijo, lindo.

Cris disse...

Do ...

E eu não? rsrsr. Vá entender, não é?

Beijo, garoto.

Cris disse...

Dora...

Pensei a mesma coisa quando recebí esse texto. Deliciosamente maroto, nada hipócrita.

Saudades, viu??

Beijo, querida.

Cris Animal disse...

Cris, obrigada Xará pela visita. Amei sua passagem pelo meu blog e já estou linkando vc....seguindo seus rastros!
Acho que comecei bem por aqui.....rs
Amei o texto!
Sério, to rindo aqui!
E como rir é o melhor remédio para tudo....to muito bem!
Tomara que façamos desses blogs uma ponte para uma feliz amizade.
Beijo
................cris Animal

adelaide amorim disse...

Homenzinho polivalente, né não? Isso é o que eu chamo pau pra toda obra, literalmente falando.
Beijo beijo pra você.

Ricardo Rayol disse...

isso que eu chamo de falso matador. pelo jeito quem comia quem aí era o porteiro que carcava o suposto dom juan sensivel. eheheheheh

Cris disse...

Oi, Cris xará:

já sei até o link para voce lá no meu Garimpo...rsrsr "Xará"!

A afinidade foi imediata entre a gente. Adorei voce aquí.

Beijo, garota.

Cris disse...

Adelaide, minha linda...

Polivalente e romântico, não? reparou que é um espelho do que geralmente acontece com mulheres ...polivalentes? rsrsr

Beijo, querida

Cris disse...

Ricardo,

Sabe que pensei a mesma coisa? Acho que é um marketing indireto do porteiro...rsrsr

Beijo, garoto.

Chica disse...

Muito legal! Adorei.rsrsrs Rir faz muito bem! um beijo e ótimo fim de semana,chica

Aninha Pontes disse...

Um texto perfeito.
Por que será que muita expectativa sempre leva à frustração né?
Mas o texto é delicioso, bem humorado, e tão bem escrito, que nos leva a acreditar que algo vai mudar..
Parabéns pela escolha.
Você é ótima, e eu te adoro.
Um beijo

Cris disse...

Oi, Chica,

Voce já está aquí no garimpo , tá bom? Quer melhor coisa que iniciar um contato dando risada? rsrsr

Beijo, menina , e bom fim de semana.

Cris disse...

Aninha, sempre querida,

Como é bom te receber aqui. Ando meio corridinha , mas estou conseguindo quase dar conta dos meus afetos virtuais e vitais!

beijo, garota, também te adoro. Muito.

Ah! beijo pro Bem também.

Maria de Fátima disse...

texto lindo! coisa safada no sentido mais profundo (rs) da palavra
inveja (rs) que eu gostava mesmo era de de ter escrito uma coisa destas
bom fds

Cris disse...

Oi, Fátima,

Tive esse sentimento também,o de desejar ter escrito esse texto , mas não faz mal, eu chego lá!

beijão, querida.

valter disse...

Cris, sinto decepcioná-las. Mas acho que esse tipo de literatura só serve prá "esquentar os motores". Na hora do vamos ver, mulher nenhum a quer um homem só prá comê-la; no fundo mesmo(sem metáforas maliciosas, tá?) toda mulher quer amor ao contrário de nós homens que queremos apenas sexo.
Também aposto fichas no porteiro. Outra coisa: o texto me parece muito escrito por um homem.
Desculpaê.
Bom final de semana
Beijo, menina

Flor ♥ disse...

Rsrsrs... bem legal!

Um beijo, Cris, pelo teu carinho!

Edu e Mau disse...

Xi, o valter parece ter sido decepcionado frequentemente. Bora arrumar uma mulher fogosa pra ele? :-) Beijo!

Jens disse...

Hehehe, que sacanagem (ou mehor, falta de). Gostei do conto.
Bom findi.

Márcia(clarinha) disse...

Delicia, delicia, delicia.....
Putzz, até eu fiquei com raiva do bom moço, já vislumbrava um sexo animal com direito a tchauzinho.
Humm, será que tá na hora de parar de escrever? kkkk

lindo dia flor
beijos

Cris disse...

Oi, Valter, querido,

A vida me ensinou ( com muito custo e porrada)a não generalizar , rsrsr.
Sabe , até não descarto tuas intuições, viu? Na net tudo é possível , trocar de sexo, então, mamata...

Beijo, garoto.

Cris disse...

Flor, muito querida,

Fique sempre por aqui, teu perfume é inconfundível.

Beijão.

Cris disse...

Oi, Du...

Bora ir na Revestir / 2009?

Beijão, lindo.

Cris disse...

Oi, Jens,

A falta de sacanagem é uma tremenda sacanagem, não? rsrsr

Beijão.

Cris disse...

Oi, Marcinha,

Voce podia ter continuado a escrever, linda, sou sempre atenta...

Rí muito com teu sexo animal...rsrsr

Beijo, linda

Marcelo F. Carvalho disse...

Cris, este texto é muito bom!
Gostei pra cacete!!

Cadinho RoCo disse...

Existe ocasião em que ao invés de esperar pela mordida o que devemos fazer é morder.
Cadinho RoCo

Gaspar de Jesus disse...

Cris
Excelente texto!
Parabéns minha amiga!
A mente humana sempre nos prega cada partida...rsrsrsrs
Quanto Erotismo naquela Cena da escada...!!!
rsrsrsrs
Beijinhos
Bom domingo
G.J.

valter disse...

Edu,
engano seu. Não dou conta nem do que tenho em casa, esse negócio de sexo embaixo da escada, no elevador, etc e ainda com direito a tchauzinho para câmeras é muito fantasia. Sou mais pé no chão e corpo no colchão, de preferência bem macio.
Enfim, muito blá-blá-blá, na hora do vamu ver elas caem fora. Por isso minha aposta que o texto foi escrito por um homem. Tenho certa experiência, dificil me enganar.
Mas, enfim também posso estar errado, né?
Outra coisa: nada de mulher fogosa, tá?

Cris disse...

Oi, Marcelo,

Também gosto dele. leve, divertidso, para se pensar...

Boa semana, querido.

Cris disse...

Cadinho,

Certinho, se a coragem vier...rsrsrs

Beijão.

Cris disse...

Oi, Gaspar,

Te visitei e adorei teu sítio e tua profissão. Estou pensando num "nick" pra voce...

Beijão.

Cris disse...

Oi, menino Valter, querido,

beijão pro cê.

jorginho da hora disse...

Amiga, me conformo com o fato de que nada é perfeito, principalmente os(as)amantes.Ha,ha,ha!

Mil beijos!

Gaspar de Jesus disse...

OLá CRIS
Voltei para lhe agradece a visita, volte sempre será bem vinda a este Espaço de Partilha.
Pois é Cris, o tempo não chega para tudo... Barcelona não conhêço e Lisboa é realmente LINDA.
Se por acaso a vida lhe proporcionar outra oportunidade não deixe de visitar Trás-os-Montes, em especial o VALE SAGRADO DO DOURO, Património Mundial da Humanidade, e se assim acontecer por certo me dirá que nunca viu nada assim.
Beijinho
Votos de Boa Semana
G.J.

Bete disse...

É pra começar a semana com o astral nos altos. rsrsrsr.
Obrigada pelo carinho.
Bjs no coração

XTrobo disse...

Oi Cris, tudo bem??
Puxa, que prazer receber sua visita e comentário tão extra-mega-simpático!!!! (audiências ideais às vezes aparecem, né??? adorei!)
Conheço agora seu blog e gosto muito!!
Muitos muitos (merecidos) comentários aqui, e isso anima de um tannto a prosseguir com o blog!!
E essa profissão que nos amarra à realidade dura e ao mesmo tempo liberta-nos romanticamente para um mundo de idéias construtivas perfeitas?? Hehehe!!!

Muito obrigado pela ilustre visita e volte sempre, te espero!!!
Grande beijo!
(pode me chamar de Marcos mesmo!! rs!!! ...éks-tro-bo é só o nome de um projeto que acabou tomando conta de um tudo!!! rs!)

Tânia Defensora disse...

kkkkkkkkkkk
Adorei esse texto.
Um beijo enorme e boa semana.

Paula Calixto disse...

kkkkkkkkkkkkkkk...

Texto maravilhoso!

É, amiga... Antes de tudo, tudo mesmo, precisa-se saber o que se quer da senhora Vida!

A gente projeta nos outros muito do que queremos ser/ter. E os Outros não projetariam na gente porquê?! risos...

Cômica-ironia!kkkkkkk...

Beijocas.

Bia Pontes disse...

Adorei o beijo semanal!
Segura o meu aí, ó:
ssssssssssssssssssmack!!!!!

Fica com Deus, queridíssima.
Vou voltar com calma pra ler a Tati, que eu adoro.

Dulcineia (Lília) disse...

Querida Cris,

fartei-me de rir com o texto da tua amiga. Acho que, de uma ou outra maneira, já passámos todas por algo parecido...

Força aí (aprendi com o Eduardo que pica aí é outra coisa) e vai até ao http://arco-irisdavida.blogspot.com/ vê o novo layout, passa os olhos pelos posts, e vê a oferta do Eduardo da "tesão pra vida"
carinho meu para ti, primaveril

Cris disse...

Jorgito:

Principalmente eles, lindo, principalmente eles...

beijão querido.

Cris disse...

gaspar:

Não imaginas a vontade que tenho de voltar a Portugal. E sei que vou realizar esse sonho em breve.

beijão e não suma, ó pá!

Cris disse...

bete, querida

É esse o objetivo: interagir com voces e rir muito, quando possível.

Beijo, garota.

Cris disse...

Oi, Markito:

Viu, só? já fiquei íntima...rsrsr. É que gosto de tratar as pessoas de uma forma só minha, sabe como?
Olha, também adorei teu espaço, teu modo de vc se comunicar.
Voltaremos a falar, lindo, logo!

beijão.

Cris disse...

Tânia, queridíssima,

Uma semana produtiva pra vc também, linda. Essa semana tem viagem de atualização profissional. Uma feira de revestimentos.

Beijão.

Cris disse...

Pi, Paulinha...

Muitas vezes essa senhora nos dá um baile para entendê-la, não? Estou começando a , linda, bom, não???

beijão.

Cris disse...

Bia...

Já o segurei e o guarnei no coração, querida.

Beijos.

Cris disse...

Lília...

Eu sabia a diferença de significados , afinal já tive uma paixão real, diga-se, por um português, não?
Estou saindo de viagem. Depois de escrevo, beijo, querida.

Ery Roberto Correa disse...

Chris, isto está até parecido com aquela velha e surrada piada do cara vegetariano, que depois de tanto cantar a namorada conseguiu. Só que a levou para trás de uma moita e "comeu a moita".

De qualquer forma é uma historinha bem divertida.

Concordo com Valter: é uma escrita masculina. Há certos detalhes e um "modus operandis" bem ao estilo do macho. Difícil um homem enganar outro homem nesta seara, minha querida.

Beijão.

Bete disse...

Cris querida
Tem um Mimo pra voce no Interagindo
Bjs no coração

Eduardo P.L disse...

Ótimo texto. Parabéns! Boa viagem a SP. Bom retorno!

Bjs

Cris disse...

Ery, Ery, cuidado com as certezas...rsrsrsr
De qualquer forma, é um texto "ao contrário" da natureza feminina. Quase um texto - sofisma. Escritores sabem bem fazer isso...rsrsrs

Beijão, querido

Cris disse...

Oi, Bete, queridona,

Estou chegando de viagem e vou lá no teu sítio ainda hoje, visse?

Obrigada pelo carinho de sempre, linda.

Beijão.

Cris disse...

Eduardo:

Esse texto dá para rir muito, né?

Beijo, lindo.

Anônimo disse...

Cris, colega das letras!

Obrigada, fico feliz que tenhas gostado do texto, eu agora me sinto a vontade para freqüentar sua webcasa, um abraço e boa sorte, e muitos "SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS" para vc.

Eliane Mariah Lemos - Uca disse...

Puxa eu me esforço para não ser anônima nos comentários, mas sempre erro....dislexia...rsrsrrsrs, sou aí em cima.bjhs

Cris disse...

Li:

Posso? E-li-a-ne - U-CA é muito longo e complicado. Li é amoroso.Como jo...rsrsrs

Pois, então, já que se sentiu à vontade, volte, tá bom???

beijão, linda.

Adelino disse...

Cris, comecei a ler e não consegui parar até o "grande final" do texto. Sensacional. Parabéns à autora e a você por tê-lo reproduzido.
Um abraço. Feliz semana.

PS - Por incrível que pareça eu acho que histórias como aquela acontecem todos os dias. E com aqueles "finais" frustrantes...

Adso Eco disse...

Irretocável.