27 de abril de 2008

Na contramão



Outubro, 1982. Fim de gestação,quando não dá mais para adiar o assunto "qual será o nome do bebê ?" .

Hoje nem tanto, mas antigamente ( pô, já falo antigamente! ) era hábito fazer tietagens com nomes de famosos nos pobres recém-nascidos : era nome de político em evidência, jogadores de futebol,artistas ,personagens de novelas ou santos - estes últimos era moda na época dos meus velhos; Ainda bem que passou. Já imaginaram um jovem em 2020 lembrando a existência de algum político de hoje? Ou de algum pastor evangélico famoso? Ele irá preferir um chip de identificação, com toda certeza.

Nome é mesmo coisa da moda: a maioria dos meus contemporâneos tem nomes duplos : Maria e Ana qualquer coisa para as meninas, Luiz, João, Antonio ou José qualquer coisa para os meninos; Tirava-se um cochilo ou dava tempo de fazer um poema pro namorado na hora da chamada nas letras M e J ; Eu queria um nome incomum, especial, que não desse margem a diminutivos tolos, que fosse atemporal,não envelhecesse com o corpo, um nome que mantivesse o frescor e a personalidade através dos anos.

Vivíamos a época dos Rodrigos, Diogos, Thiagos, Fernandos , Rodolfos,Guilhermes; De avô Orlando e pai igualmente Orlando(Filho) ,meu bebê corria sério risco de ser um Orlandinho (Neto), possibilidade que me dava calafrios : soava antiquado demais para uma criança,era nome de cantor boêmio anos 50"meu nome é deprê!" , fora a carga familiar agregada ao nome de família ,acrescentando um "plus" de expectativas difíceis de carregar; Queria ver meu lindinho livre de peso naquilo que dependesse de mim. E quando ele fosse avô? Um avô chamado Neto? E aos 18 anos no ano 2000?Um privilégio ter 18 anos na virada do século, mas não se chamando Orlando, pára!

Na época cultuávamos as bandas clássicas do rock : Aerosmith,Iron Maiden,The Queen,The Doors,Kiss,Led Zeppelin; Havia um grupo que quase não se ouvia nas rádios, que me encantava particularmente : Jethro Tull; Mais antigo que os demais ,formação nos anos 60 , tinha a figura excêntrica do vocalista Ian Anderson e suas flautas, que fascinava .Era maluco,criativo e bem humorado; Era uma banda de rock alternativo que explorava com competência elementos da música clássica e celta - uma banda "art rock".

Ian...simples, sonoro, curtinho , não daria margens a irritantes diminutivos ,sublimava a mãe babaca e porraloca; Assim foi feito , com o apoio inenarrável do então maridão Orlando - que administrou com desenvoltura o desmaio da avó paterna e a crise intestinal do avô Orlandão, quando souberam que o neto se chamaria IAN (??!!!)

Pouco a pouco a família acostumou-se ao simples "Ian" .Via de regra o fácil é difícil de acontecer.

Duro mesmo foi ouvir da sua primeira namoradinha o sofrível "-Ianzinhoooooo!!!" .Humpft!

Ela não devia entender absolutamente nada de "art rock"!

33 comentários:

Helô disse...

Oi
Gostei....
dos 2 .... entendeu ???rsrsrs(se não entendeu te explico, mas na segunda feira)
bjão

CAntonio disse...

Cris,


Benvinda - como sempre - ao paranóico mundo da blogosfera.

Comecei a ler o post. Quando cheguei, finalmente, ao nome "Ian", comecei a concordar com você. Ian não tem diminutivo, uai!

Mas, os apaixonados sempre encontram um jeitinho de encontrar um diminutivo para o nome.

Um amigo meu, um corenano que foge aos padrões daquele povo, também achava que seu nome jamais admitiria um diminutivo: Eui Hin Han. Não é que uma namorada encontrou um horroroso "Hinzinho" para chamá-lo? Vez ou outra, também o chamava de Hanzinho: carregando no Agá e parecendo Rãzinho.

C'est la vie...

GrandAbraço

Cris disse...

Ok, Heloclildes, segunda falamos naqueles 3 segundos que permito entre um café eu telefonema.

Juízo no domingão!
Bj

Cris disse...

CAntonio...

Momento ótimo de reencontrar você.Ficamos apartados todos esse tempo, não é?
Mas o mundo é redondo e sem ex(quinas)...

Beijão procê.

Jens disse...

Oi Crisete:
Ianzinho? Ah, o amor, o amor...
***
Mas o teu Ian teve sorte. Aqui na zona tem uma penca de Maikel Jacksons e Suellens. Tem até um John Lennon, sempre sujinho, chorando e ranhando.
***
Eu quero mudar meu nome pra José Antonio.
***
Beijo. Bom domingo. Aqui, o sol voltou a brilhar, contrariando as previsões da meteorologia. Jogão à tarde.

Cris disse...

Pois é, Jensinho,quem ama o curtinho , longo lhe parece, não tem algo assim?

Rsrsrs...gostava de te ver tropeçar nos pequenos chorando e ranhando, à procura de um poço semi artesiano por perto...

Não sei não, JANS ? Pode melhorar a função, mas piora a forma...

Outro beijo .
Nunca confie em previsões, ainda mais da meteorologia.

Tomara que teu time perca.( alguém tem que te contrariar, senão perderás a referência! ).

Sucesso e outro beijo.

adelaide amorim disse...

Você acertou, Ian é o nome ideal para evitar apelidos. Afinal, Ianzinho não chega a ser um apelido, porque não vai "pegar" - só mesmo namorada pra chamar o menino assim. Mas pior que ter um apelido é ter dois ou três, que nem eu: sou deda, dade e dedé. Já pensei em mudar de nome, mas é muito complicado e muito tarde. Melhor encarar o assunto como manifestação de carinho/ E por falar em carinho, obrigada, adorei.
Beijo grande.

Jonice disse...

E ontem mesmo ganhei um DVD do Ian Anderson! Vou pedir pro Henrique fazer uma cópia e você leva quando vier, tá.
Boa semana, querida.

Beijos

Cris disse...

Adelaide..

claro que esses diminutivos todos do teu nome são manifestações de carinho.Aliás você não teria aquí outra denominação. É o que você passa.De novo agradeço teu contato, o qual sempre desejei, mas estava um pouco constrangida , temendo ser invasiva na " turma do Jens" rsrsr. Bobagem, mas vez ou outra tenho dessas...

Beijão. Ótima semana.

Cris disse...

Joca..
E se eu te disser que perigas ser nesse feriado? mas ainda é incerto.

Uma semana supimpa pra tí, guria.

beijão.

QuincasB disse...

q o nome não o faça se sentir espesso como um tijolo

Cris disse...

Oi, Quincas...

Também levantas cedo, hein? Inspiração para poetar?.
Olha, até que a imagem do tijolo é uma boa.Parece forte.Nunca se sabe as intempéries a enfrentar na vida.

Ótima semana pra tí.

Ricardo Rayol disse...

isso de nome é algo muito louco, o que será que motiva?

ery roberto disse...

Tem coisa pior, querida Cris!

Tente imaginar que num desses absurdos que comentem os pais, um garoto tenha sido batizado de "Mike" (com pronúncia inalterada) e a namorada o chame de "Mikinho"... // Beijo grande.

LindaRê disse...

Eu conheço outro Ian, mas ele é bebê...
Esse é seu filho? Posso paquerá-lo? Hein? Hein?
Rs

Beijos

Cris disse...

O que motiva? Sempre a admiração, Rayol.. Como agora estamos com escassez de gente pra se admirar, talvez as crianças passem a ter nomes de coisas..

Bela semana pra você.

beijão.

Cris disse...

Ery , ele , o Mikinho , deve estar pagando sempre o próprio, não??

Beijão, queridão.

Cris disse...

Linda Rê...
Por mim pode paquerá-lo sim, vamos ver como a linda dele reage, não? Mas olha, ele é do tipo super fiel , focado, apaixonado...( as gerações se aprimoram! ) .

Beijão, linda ( norinha) rsrsr

edu disse...

Meninas, chegay!!! Ok, menos que eu sou macho. Machinho... Tá, tá, eu choro assistindo televisão, mas pô...

Já te enfiei no meu google reader, muié, agora tu não escapa mais!

Beijo!

P.S.: Adorei a sua listinha de favoritos! Eu quero ser o item "Viadagem/Vadiagem"! (nossa, como eu tô pidão esses dias)

edu disse...

Esse aí na guitara é o Ianzinho?

Jacinta disse...

Oi Cris,
primeira vez que venho aqui e já vou encontrando um texto tão legal. Primeiro, 1982, antigamente? É... dias destes conversava sobre esse "antigamente" com uma amiga. E parece que foi ontem. Sabe que por muito tempo, principalmente na adolescência, tinha dificuldades com o meu nome. Talvez por alguns dos motivos que você tão bem coloca no texto. Carregava sempre a sensaçãode que meu nome nasceu "triste". Depois a gente vai amadurecendo e...
Bem! gostei muito de passar por aqui. Voltarei mais vezes.
Um abraço
Jacinta

Cris disse...

Du..

Já fiquei íntima. Posso trocar o "viadagem"? tenho outro melhor, que sinto sempre que te leio( e faz algum tempo).
Já fui no teu sítio.
è.. Esse é o Ianzinho..lindinhoooooo.

Beijão, querido.

Cacá BH disse...

hehehhe
sabe, tenho nome composto, diferentaço...
não curto muito...
ninguém acerta...
todo mundo troca meu nome...
raiva demais...
beijos

Cris disse...

Jacinta.. primeira vez de muitas, ok? Adolescência temos dificuldades com tudo, linda ( quase igual a envelhecência) rsrsr.
Fica por aquí.
Beijão

LindaRê disse...

Pelo menos eu tentei, né?
Eu tb queria um apaixonado, fiel e focado em mim!! Essa propaganda é sacanagem.
Pena que tem a outra linda...
rs

Beijos

LindaRê disse...

Pelo menos eu tentei, né?
Eu tb queria um apaixonado, fiel e focado em mim!! Essa propaganda é sacanagem.
Pena que tem a outra linda...
rs

Beijos

Cris disse...

LindaRê..
E quem não quer?
Quem diz que não ou tá blefando ou não sabe o que é bom! rsrsr

Beijo, querida.

PS: Temos sempre que tentar!

loba disse...

mas eu tenho uma baita saudades deste "antigmente", viu? rs... e esta foi uma das minhas bandas preferidas. não que Led zepelin, pink floyd e the doors tb não fosse. e tb não sejam bandas espetaculares (eu amo o rock progressivo), mas sem dúvida a Jethro Tull é do meu tempo mesmo!!!! rs
Que bom que deu tudo certo na viagem!
Beijocas

jorginho da hora disse...

Veja você, até nome sai de moda. Acho que o meu já virou nostalgia.

Cris disse...

Deu certo sim , Contrapontérrima.Ao menos o massacre foi evitado.
Agradeço a torcida.

bj

Cris disse...

Jorginho..Virou não..
não sei se é por conta do Ben Jor , teu nome está ainda fresco. ( o nome, entenda bem, net possibilita equívocos pra caramba).

Acho que o da hora vai virar nostalgia antes do Jorge ( é só um palpite ) .
Beijão, querido.

Martha Barbosa disse...

SEu blog é um espetáculo a parte. Fico encantada aqui.
Procura no Google, quem sabe ....
Fiz postagem nova e tua opinião é importante para mim. E no final fiz uma brincadeirinha que não foi bem aceita [risos] Um abraço marthacorreaonline.blogspot.com

Cris disse...

Martha, minha linda sofisticada ( te acho um "must" viu?

Eu tinha te linkado , aí nunca aparecias, retirei-te... desculpa.
Já estou te colocando junto com a turma da pesada aí do lado..(serás que aguentas? ).
Brincadeira, querida. Adorei tua visita. Vou lá no teu sítio logo mais.